Edredons infantis, super divertidos!


Gurias

Vi um post hoje no Constance Zahn Babies, sobre uma marca holandesa - Snurk – que criou edredons divertidos. Tem várias estampas, porém a da bailarina, astronauta, bombeiro e princesa foram as que mais me chamaram atenção. Fofo, né? O site diz que entrega no Brasil, então se você apaixonou e tem vontade de ter um ou comprar pro filhote(a), se joga!

Posso estar delirando, mas juro que vi algo parecido no shopping outro dia. Acho que foi de personagens das princesas Disney, não sei dizer a loja, mas lembro que vi.

 edredons-divertidos-bailari  edredons-divertidos-bombeir edredons-divertidos-astrona edredons-divertidos-princes


Linha Bebê Natureza


Gurias

No mundo dos cosméticos para bebês, as marcas mais conhecidas são: Johnsons e Granado. Os produtos da Jonhsons eu já usei muito, porque ganhei muita coisa, mas foi acabando e confesso que dói no bolso comprar algumas coisas, tipo lenço umedecido.

Como lenço é algo que a gente usa muito, começei a me aventurar nas outras marcas. Testei  Johnsons, Granado, Pompom, Huggies e até Cocoricó, mas esse da linha Bebê Natureza da Biotropic, é o melhor custo x benefício na minha opinião. Na Pacheco perto do meu trabalho, vende um pack promocional de 4 pacotinhos por R$ 22,90. Sai muito em conta, cada pacote com 50 lençinhos por R$ 5,72!

O cheirinho é delicioso e é o que mais me lembra os da Jonhsons. Já o kit sabonete, shampoo, condicionador e colônia, eu comprei pra deixar na casa da vó, e é uma delícia também. Então mamães que se aventuram a experimentar coisas novas, essa é a dica. Super recomendo!

lencos_bebenatureza
bebe_natureza


Diário de uma grávida: A descoberta


Aline Cavalcanti

Oi genteee!! Caramba é tão bom estar escrevendo novamente, principalmente em um momento como o que estou vivendo!

Confesso que fiquei muito emocionada com o post que a Carol escreveu e principalmente, com os comentários de vocês. Por isso, resolvi começar a contar tudo para vocês desde o início. Porque felicidade a gente tem que compartilhar!!

diariodagravida

Estou grávida de 9 semanas e os dias não tem sido muito fáceis. Este comecinho de gravidez é bem complicado, eu ando sem força, cansada, um sono absurdo… mas, isso eu conto para vocês em um próximo post. Agora, quero contar como descobri e quanto este momento era esperado por mim. Então, senta que lá vem história!!! :)

Bom, sou casada há 7 anos, e logo que me casei, a ideia principal, era esperar passar 2 anos de casamento para pensar em filhos. E assim fizemos. Com quase 3 anos de casados decidimos começar a tentar, suspendi o anticoncepcional e tentamos… tentamos.. tentamos e nada acontecia. Quase 1 ano se passou e comecei achar estranho, eu já havia feito todos os exames e estava tudo certo comigo, mas… nada. Então, fomos investigar se havia algo com o marido.

Logo nos primeiros exames a notícia veio. Segundo o médico, o marido tinha um grave problema de fertilidade e as chances de sermos pais por vias naturais eram de 2%. Ele disse que era tão grave, que não valia a pena nem tentar remédios e tratamentos. O ideal era logo pensar em Fertilização In Vitro. Cara, isso caiu como uma BOMBA para gente! Eu não queria acreditar que isso estava acontecendo comigo. E não acreditei mesmo! A minha fé era muito maior que os 2% dos médicos e eu tinha certeza, que um dia, seríamos pais.

Os anos foram passando, procuramos outros médicos e a resposta era sempre a mesma. Olhavam os exames e a resposta era igual. Mas, minha fé permanecia intacta. Dinheiro para fertilização eu não tinha (e não queria pensar muito nisso), então decidimos parar de procurar respostas e esperar, esperar e esperar.

No começo deste ano, após 4 anos de espera, decidimos procurar outro médico que refez todos os exames do marido e pediu outros que não havíamos feito e assim fomos, mês a mês, exames e mais exames. A resposta do médico, foi que ainda havia um problema, mas não era tão grave quanto pensávamos e que, talvez, remédios ajudassem SIM. Ouvir aquilo me deixou animada e ao mesmo tempo perplexa, em ver que havíamos passado por “n” médicos, apenas 1 depois de tanto tempo, foi tentar ver um outro lado, ver o problema de uma forma diferente.

Enfim, no começo de julho, começamos a tomar os remédios. Mas, o médico foi taxativo: talvez demorasse um pouco para vermos resultado. Tínhamos que tomar os remédios por dois meses e depois repetir os exames para ver se houve melhora. E assim foi, o mês de julho passou e ainda não tínhamos muitas expectativas.

Comigo a vida estava um correria, pois minha irmã estava prestes a ter o bebê e eu estava numa fase de muito união com ela, vendo os preparativos para a chegada, fazendo o chá-de-bebê e etc. Agosto chegou e minha sobrinha nasceu, e nós naquela euforia com o bebezinho novo na família. Eu fiquei ajudando minha irmã nos primeiros dias, então esqueci um pouco da “nossa expectativa”. Continuávamos com os remédios, mas com EXPECTATIVA ZERO e eu sem prestar atenção alguma com que estava acontecendo comigo.

Aí… Uma semana antes da data prevista meus dias vermelhos, comecei a senti fortes cólicas. Sentia muita dor mesmo! O que achei estranho, porque não costumo sentir cólicas no período menstrual, nem na TPM. Uma noite, senti uma dor tão forte que achei que estivesse com apendicite. Aí, fui revirar a memória e percebi que estava com os seios doendo desde o começo de agosto (mas, nas correria não me liguei), então pensei: “É este mês a TPM me pegou de jeito”. E logo atribui as cólicas à alguma novidade da TPM.

O dia da monstra chegou e nada veio. Mas, já tinha passado por TANTOS alarmes falsos na minha vida, que não me empolguei. Decidi esperar mais alguns dias para ir ao médico, pois pelas dores que eu sentia, tinha certeza que havia algo de errado comigo (pensei em infecção urinária, apendicite e muitos outros “ites”).

Cinco dias se passaram e nada. O marido perguntou se eu não ia fazer um teste de gravidez. Eu ainda cética, disse que não era possível, nós estávamos tomando remédio a apenas 1 mês e eu tinha cólicas, não poderia estar grávida. Então ele disse para eu fazer… só para tirar a dúvida. Então, na madrugada do dia 21 de agosto e eu vivi um dos momentos mais intensos da minha vida!

Eu já havia passado por MUITOS  testes de gravidez, então estava acostumada com apenas “1 listrinha”. Mas, naquela madrugada, vi a primeira listrinha aparecer e logo pensei: ” Tá vendo? Eu sabia!”. Virei para o lado e fui fazer outra coisa, quando voltei para pegar o teste lá estava uma “segunda listrinha”. Fiquei uns 10 minutos sentada, sem acreditar no que estava vendo.  Comecei a chorar, ao mesmo tempo que eu ria. Será que eu estava sonhando?? Quando consegui me recompor, voltei para o meu quarto (era madrugada) ainda sem ação, então meu marido acordou e perguntou o que estava acontecendo. E eu finalmente, pude dizer a frase que tanto sonhava: Deu positivo, estou grávida!

Não consegui dormir mais (claro!) e pela manhã, fiz outro teste de farmácia só para garantir. Eu continuava grávida rsrsrs! A tarde, fui fazer o exame de sangue e… eu continuava grávida! :)

Nem preciso dizer que a notícia veio com muita alegria para toda a família! E todo mundo que conhecia a nossa história foi às lágrimas junto com a gente. Me lembrei que minha fé nunca me deixou desistir, mas mesmo assim, é incrível quando o seu sonho se realiza. Não precisamos tomar 2 meses de remédios, pois eu engravidei com apenas 20 dias de uso e posso falar, que foi e está sendo um dos momentos mais incríveis da minha vida. Ver o milagre de Deus acontecendo comigo!

Enfim, é isto. O post foi um dos mais longos que já escrevi, mas agora vocês conhecem a minha história. Que não me canso de contar! rsrs

Pretendo ao longo da gravidez contar tudo à vocês. As mudanças comigo, os preparativos, os looks. Então, podem esperar que temos muitos posts pela frente e eu, claro, estou muito feliz em poder compartilhar isto com vocês.

Beijo gurias!

 

 


Guria linda, guria amada, guria grávida!


Carol Burok
gravidez

E eu que pensei que não voltaria a ter tempo de escrever mais uma linha nesse bloguito. To aqui de volta meio atrasada até, rapidinho no trampo, escondidinha pra dar uma notícia que abalou nossos corações de taaaanta alegria! Minha cara metade blogueira, guria mór Aline, é mais uma a adentrar para o time de novas mamães 2014! Ops, 2015, já que meu sobrinho(a) emprestado só vem lá pro finalzinho de abril.

Posso dizer que to só alegria? Sei que minha amiga queria ser mãe há muito tempo, o quanto que eu orei e torci por ela não tá no gibi, e como Deus é bom e perfeito em tudo que faz, veio na hora mais certa! E tem coisa melhor do que ter a oportunidade de seu filho ganhar um primo (a) pra brincar? kkkkkk Theozuco me falou que ficou super feliz! :-D

Então gurias - se ainda tiver alguma por aí – preparem-se! Se esse blog voltar a bombar, vai ser praticamente coisas do universo da maternidade. Novos desafios, novas rotinas, geram novos assuntos e novos interesses. Então tomamos a liberdade de começar a mudar o conteúdo aos poucos, ok? Quem quiser embarcar nessa com a gente, vambora!

Parabéns minha amiga!! Que Deus cubra a sua vida de bênçãos e que sua gestação seja muito tranquila. Curta cada minuto, passa voando!


Duas receitas de petiscos para a final da Copa


Valentina Nogueira

O Brasil não chegou à final, mas a decisão entre Alemanha e Argentina no próximo domingo é um ótimo motivo para reunir os amigos, se divertir e, por que não, preparar deliciosos petiscos! Então, aproveite, e coloque a mão na massa com essas duas receitinhas.

MINI CHIVITOS

minichivitos

Essa receita eu peguei em um site especializado em alguns dos melhores vinhos do mundo. É fácil de fazer e fica delicioso. É um tipo de sanduíche uruguaio, equivalente ao nosso “x-tudo”. Apesar de o nome significar “cabrito”, leva carne de boi.

Ingredientes

- 1 kg de alcatra fatiada
- 12 mini pães de hambúrguer
- 4 folhas de alface picadas
- 1 tomate cortado em rodelas finas
- 12 fatias pequenas de presunto
- 12 fatias pequenas de queijo mussarela
- Uma peça de bacon cortada em tiras
- 12 ovos de codorna
- Maionese e sal a gosto

Modo de preparo

- Fatie a Alcatra bem fininha e tempere com sal. Frite com um pouco de azeite.
- Frite os ovos, as fatias de bacon e presunto separadamente. Quando a carne estiver pronta, coloque em cima nessa mesma ordem, e cubra com o queijo.
- Espalhe a maionese no pães e deixe o alface e os tomates postos à mesa (eles ficam ao lado do sanduíche mesmo, para que cada um se sirva como preferir).

GELATINA DE CAIPIRINHA

gelatinacaipirinha

Essa dica é para quem está procurando um jeitinho bem brasileiro de servir a bebida nacional. Seus amigos gringos vão amar.

Ingredientes

- 5 limões taiti, com casca, cortados ao meio
- 2 colheres (sopa) de açúcar
- 1 xícara de cachaça
- 1½ colher (chá) de ágar-ágar

Modo de preparo

- Em uma tigela, esprema os limões, certificando-se de ter retirado todo o suco.
- Com uma faca, retire o bagaço, formando copinhos com as cascas. Reserve.
- Em uma vasilha, misture 1/2 xícara do suco de limão, o açúcar, a cachaça e 3/4 de xícara de água.
- Transfira para uma panela, junte o ágar-ágar e leve ao fogo até ferver.
- Preencha as cascas dos limões com a mistura, leve à geladeira por uma hora, no mínimo, e sirva.