Na caixola: Comer, rezar, amar

E hoje é a tão esperada estreia de Comer, Rezar, Amar aqui no Brasil. Eu estou lendo o livro neste exato momento e estou ansiosa para ver o filme.

Confesso que o livro não me conquistou logo de primeira e não o  “devorei”, como acontece com o livros de Sophie Kinsella (Becky Bloom). Ainda estou na metade, mas no começo achei meio cansativo, porém continuei e até que achei a história interessante, bem auto-descoberta, mas não adoreeei, entende?!

Resenha do livro:

Liz é uma escritora que resolve tomar conta da sua vida e fazer um montão de coisas que gosta (viajar, conhecer, sentir e aprender) mesmo tendo de desistir de um casamento com um homem que a amava. Logo de cara, no primeiro capítulo, ela está ajoelhada, no chão do banheiro, no meio da madrugada e aos prantos pedindo uma luz pois seus desespero é tanto que ela não consegue ver uma saída. É nesse momento que ela começa a rezar, espontaneamente, e o livro começa.

O filme estreia hoje e é esperado com muita expectativa, afinal temos Julia Roberts no papel  de Liz. Eu quero ver nooow, pois sempre fico curiosa com essas adaptações de livros para as telonas, mas, não sei… Algo me diz, que não devo esperar tanto assim do filme.

Aqui o trailler:

Vocês já leram o livro? Gostaram?Acham que o filme vai valer a pena?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


0 comentários

Comente também
  1. carolsofia
    comecei a curtir o livro quando saiu o drama do divórcio e ela começou a viajar. provavelmente o filme vai mostrar o mínimo desse drama chatinho e ir direto pra diversão. adoro os filmes da julia pq ela tem um carisma q faz o filme ficar bom nem q seja só ela q preste no filme. rs…
  2. Nathi - Porcinas
    Eu li o livro há pouco e AMEI! Mas sou uma das poucas que conseguiu terminá-lo (ou até passar da Itália)! kkk Como você disse, o começo é meio difícil, pois fala de uma parte triste da vida dela e a leitura fica pesada. Mas a Liz é tão sincera que você entra na psiqué dela e vai evoluindo junto! Sou suspeita para falar, pois me identifiquei muito com ela e com o livro, com as situações, ideias e vontades. No fundo, acho que para ler o livro a pessoa precisa ter passado por algumas coisas na vida ou estar em uma fase serena. Ou ter um desejo de mudar algo! kkk Mas recomendo muito, é esclarecedor e me tornou uma pessoa melhor!
    Ufa, discurso feito, QUERO MUITO VER O FILME!! hahah
    Beijoks gurias queridas!
  3. natali
    não li o livro ainda , mais ouvi falar muito bem dele. quanto ao filme , já convidei minhas amigas do “força na peruca ” rsrs para ver assim que chegar na cidade. engraçado que em relação a essa paixão por livros , aconteceu comigo ao contrário aline: comecei a ler a cabana , e tava amandoooo , até que cheguei no meio , e to quase parando , pq tá muitoooo chato! rsrs eu hem … vai entender !!!
  4. adriana gaeta braga
    adorei o livro e acho que a julia é perfeita para o papel; carismática, bonita e talentosa. gostaria também de divulgar o meu blog :www.semprecoisasbacanas.blogspot.com com dicas de consumo diveridas e baratas, pontas de estoque, dicas de beleza, cultura, viagens. todas testadas e aprovadas!!
  5. Jo Ann
    Que sufoco de livro. Eu sou do género: “comprei, li”. Então tive de ler um dos livros mais aborrecidos e insonsos dos últimos anos (com Julie & Julia). 500 livros de “ai como sofro, ai ai ai”. Perca de tempo e de dinheiro. Poderia ter sido interessante se não fosse tão “olhem como coço a barriga”.
  6. Larissa Rehem
    Estou maluca para ver o filme!!!

    O livro parece ser ótimo, mas minha mãe emprestou o lá de casa e o bichinho não volta por nada!! Estou doida pra ler o livro!!
    Beijão e bom fim de semana Gurias!!

  7. Patricia Gidi
    to muito lerda hoje! esse tempo acaba comigo! gripe chata!

    nao li o livro…mas quero ver o filme!

    livros que eu estou comendo é o do percy jackson!! é viciante!!!
    bjs

  8. Carol Burok
    Eu dei esse livro pra minha irmã, ela parou no meio, me emprestou e eu parei no meio tbm! Parei exatamente na parte que ela vai pra Índia. Sei lá.. não me prendeu..

    Mas to louca pra ver o filme, pq Julia Roberts, faz tudo ficar lindo e belo e tbm pq o par romântica é nada mais nada menos que, Javier Bardem. Para tudo, né???

    Bjos,
    Carol

  9. Larissa Rehem
    Aline, mil desculpas!!! Acabei de me lembrar que fiquei de te passar a minha nota no trabalho em que fiz a entrevista com você!
    Então, recebi a nota no início da semana e adivinha qual foi?!
    MS

    Fiquei muito feliz com a nota porque estou tendo aula com um professor que é conhecido por ser rude, severo e excelente professor, se é que dá pra entender. É mega difícil tirar MS com ele, daí, me dedico horrores na matéria dele!
    Graças a Deus está tudo sorrindo com os MS’s que tirei (até agora não tive nenhuma menção abaixo desta)!!!
    Obrigada por me ajudar com o trabalho!!!

    Beijão e bom fim de semana!

  10. Linnéia
    Eu li o livro e adorei…tirei várias lições dele e me reconheci várias vezes nela, porém, é um daqueles livros que cada pessoa interpreta de um modo, dependendo do estado de espírito…Quero ver o filme, mas sabendo que, pelo o que já vi no trailer, será uma forma diferente de apresentar a mesma história. Bjos
  11. nanda burok
    Gurias…assisti ao filme…amei…vale a pena!
    o Javier “tudo-de-bom” Bardem está realmente tudo de bom! hehehe
    Isso sem falar nas imagens (lugares) do filme..estonteantes!
  12. Érica
    Li o livro há um ano.Na verdade o devorei,talvez porque havia me identificado com muita coisa e com a fase que estava passando.Não é um livro de ação que te faz percorrer as páginas rapidamente.Muitas vezes há reflexões que para só passando por algo parecido para entender.É um livro para ser mastigado.
    Justamente por abordar o mundo psicológico ,não esperava muito do filme,pq não há como transmitir tudo que o livro passa pelo filme.Realmente, essa espiritualidade deixa a desejar,maaas me surpreendi.Um filme agradável.Deixa com mais gostinho ainda de viajar.
  13. Ligia
    Oie!! To lendo o livro e no coemço, não me interessei tanto… do “comer”pra frente, foi ficando mais legal mas fiquei brava, pq o Fantastico contou o fim e eu nem tinha terminado de ler… argh… agora é ver o filme, Julia Roberts é tuuuudoooo de bom, neh… beijos!!!

O que você acha?